Buscar

6 conselhos para salvar o relacionamento que está esfriando

Atualizado: Jan 22



O relacionamento era muito bom, os dois lutavam e se importavam um com o outro. Mas agora, a relação atravessa o polo do tanto faz, da frieza e do vamos ver no que vai dar. Já aconteceu com você? Você já teve um relacionamento muito legal ou está em um e tem visto ele se esfriar, cair na mesmice e na rotina?


O que fazer quando isso acontece?


Será que tem jeito para um relacionamento assim? Na maioria dos casos, tem jeito sim. Você não precisa terminar um relacionamento só por que ele se esfriou. E a verdade é que eu já estou casando dessa cultura de pessoas que terminam relacionamentos sempre que as coisas não vão bem. Acho que devemos no mínimo tentar fazer algo, lutar e investir no relacionamento antes de desistir dele.



Para te ajudar a salvar seu relacionamento caso ele esteja esfriando, separei 7 conselhos. Vejamos: 



1. O CASAL PRECISA TER CONSCIÊNCIA DO MOMENTO

"Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião. (...) Tempo de abraçar e tempo de afastar".

(Eclesiastes 3.1 e 5)



O Dr. Gary Chapman afirma que assim como o ano tem suas estações, todo relacionamento também passa por estações.


Chapman diz: "Os orientais avaliam ânimos e humores pelas estações do ano. E os relacionamentos, em certo sentido, se assemelham muito aos sentimentos que cada uma delas propicia. O verão é cheio de alegria, celebração e atividade. O outono carrega ares de tristeza, angústia e perda. A primavera traz expectativas, promessas e a oportunidade do recomeço. O inverno, por sua vez, é a época da frieza, da indiferença e do isolamento".


O problema é que muitos ignoram o fato de que um relacionamento é composto por fases e ignorando essas fases do relacionamento, não conseguem discernir o momento.



Eles continuam a relação aos trancos e barrancos, no meio de infinitos problemas e fingem que está tudo bem. Mas não pode ser assim, ignorar os problemas que surgem e não resolvê-los, leva a relação ao desgaste.


E por outro lado, se o casal não for capaz de discernir que é só uma fase, ele pode terminar o relacionamento e abrir mão de viver tempos muito bons após terem superado a fase do inverno.



2.CONVERSEM PARA ENCONTRAR O MOTIVO

"Conversem! Conversem sempre! Sobre tudo! porque o silêncio são pedras. E pedras se tornam muros. E muros dividem".

(Marília Lobo)



A frieza em um relacionamento não acontece da noite para o dia. Ela vai acontecendo ao longo do tempo em que o casal está junto, nos pequenos detalhes, aos poucos – no “bom dia” que não vem mais acompanhado de um beijo, nos programas que o casal faz cada vez mais sem a presença do outro, na falta de diálogo e de cumplicidade, nas palavras de carinho não ditas, nas promessas não cumpridas.


É muito importante que o casal tenha um tempo para conversar e investigar qual é ou quais são as causas da frieza no relacionamento.


É preciso perguntar:



— Qual problema insiste em incomodar no relacionamento?

— Qual situação foi desgastando a relação para chegarmos ao ponto em que chegamos?

— Qual é a minha parte nisso tudo?

— O que eu posso e o que podemos fazer para que a situação mude?


Ao menor sinal de frieza, o casal precisa conversar, encontrar o que está motivando a frieza, corrigir e mostrar um para o outro que se importam.



3. SAIBAM QUE MOMENTOS ASSIM, SÃO NORMAIS

"Todo relacionamento verdadeiro tem seus altos e baixos, aquele qual não tem, nunca foi verdadeiro".

(Victor R Freire)



Está enganado quem acha que um relacionamento é um conta de fadas, com tudo perfeito. Um relacionamento é, acima de tudo, aprender a conviver com as diferenças um do outro e saber como lidar com elas até nos momentos mais difíceis.


Todo relacionamento enfrenta fases difíceis.


Até nos poemas ou nas histórias de amor mais lindas existem momentos de escuridão, frieza e dificuldade.


A grande questão não é se seu relacionamento vai enfrentar um ou vários momentos difíceis, mas sim, se ele vai superar ou não esses momentos.


Casais que se amam de verdade, sabem discernir que momentos de frieza e dificuldades são normais.


Eles lutam para superar essas fases e sabem que depois de cada vez que o relacionamento supera um problema ou um momento de frieza, ele se torna mais forte.



4. A FRIEZA É UM TESTE DE FOGO

"Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha".

(Mateus 7.25)


Lembra de quando você era pequeno e ganhava algum presente? No começo era incrível, parecia que você iria carregar aquele presente pra sempre, mas com o passar dos dias, até o melhor presente foi se tornando comum e ficou esquecido. Isso é nato do ser humano, nós nos acostumamos com as coisas e com as pessoas. E desta forma, o que chamamos de frieza no relacionamento é na verdade um teste.


Todo relacionamento vai enfrentar o teste da obsolescência.


Após a fase das da conquista, das novidades e dos desafios, os dois passam a não ser mais novidade na vida um do outro e aí, o relacionamento é provado.



A prova é muito simples, é como se fosse exigida a resposta para a pergunta: “vocês se amam ao ponto de se esforçarem, lutarem, abrir mão de coisas, mudar, readaptar e resolver o que está errado para o relacionamento seguir em frente ou não?”.


Muitos relacionamentos sucumbem neste momento. Mas como eu disse antes, quando o amor é sincero, o casal passa pelo teste e sai ainda mais fortalecido.



5. SE VOCÊS ESTIVEREM DECIDIDOS A SUPERAR O MOMENTO DE FRIEZA, ENTÃO VOCÊS PRECISAM VOLTAR AS PRIMEIRAS OBRAS

"Tenho uma coisa contra vocês: é que agora vocês não me amam como me amavam no princípio. Lembrem do quanto vocês caíram! Arrependam-se dos seus pecados e façam o que faziam no princípio".

(Apocalipse 2.4-5)



Muitos relacionamentos esfriam e acabam porque as pessoas deixam de investir o mesmo esforço e a mesma dedicação como fizeram nos primeiros dias. Você lembra como foram os primeiros dias do seu relacionamento? Claro que lembra.



Aqueles foram os dias mais intensos do relacionamento de vocês e a verdade é que nada será como foi quando vocês ainda estavam se conhecendo. No entanto, é importante pensar que tudo o que vocês fizeram no inicio um pelo outro, fez com que vocês se unissem, aprendessem a conviver e a se amar.


Não podemos abandonar as práticas que nos ajudaram a conquistar o outro.


E portanto, uma forma de espantar a frieza do relacionamento é voltar a surpreender a pessoa que você ama, fazer aquelas coisas que fez no início para conquistá-la e demonstrar de forma singela o amor que você sente por ela.




6. EXERCITEM A ORAÇÃO E A LEITURA BÍBLICA

"O amor de um casal deve ser sustentado em oração diante de Deus".

(Júnior Meireles)


Desde o princípio, o homem e a mulher foram criados para serem unidos um com o outro e viverem em unidade com Deus. Quando o casal ora, se aproxima de Deus e quando um casal está próximo de Deus, é Deus quem gera a unidade deste casal.


A oração é algo muito íntimo, e quando oramos, nos aproximamos de Deus.


Quando nos aproximamos de Deus, nos tornamos cada vez mais semelhantes a Ele, desta forma, orar junto, faz com que enxerguemos a imagem de Deus na pessoa com quem nos relacionamos e com que ela enxergue a imagem dEle em nós, assim, vamos aprendendo a amar um ao outro com amor de Deus.



Consequentemente, quanto mais nos aproximamos de Deus, junto com a pessoa que amamos, mais nos aproximamos um do outro.


Além disso, o casal que tem tempo de devoção juntos na presença de Deus, pode enfrentar suas batalhas e desafios juntos no mundo espiritual por meio da oração.


E isso é importante porque todos enfrentamos momentos difíceis, mas, felizmente, apesar de todos enfrentarmos altos e baixos, Deus nunca permite que o casal se enfraqueça junto ao mesmo tempo, e é por meio da oração que erguemos a pessoa que amamos quando ela cai ou quando enfraquece.



CONCLUSÃO


Como eu disse no inicio do texto, não gosto desta cultura de romper relacionamentos sempre que surge um problema. Sou do tempo em que as pessoas tentavam consertar as coisas.


A roupa rasgada era costurada, o sapato furado era colado e os eletrodomésticos eram recuperados.


Hoje, descarta-se tudo, inclusive pessoas e relacionamento.


É como se estivéssemos dizendo: "Usou? Não está bom, apresentou defeitos ou surgiu algo mais interessante? Descarta e pega um novo".


Definitivamente, isto me dá nos nervos.


Não pode ser assim.


Precisamos tentar fazer algo.


Porém, depois de agir na tentativa de salvar o relacionamento, é preciso pensar se algo mudou, se o que fizemos valeu a pena ou se apesar de todo esforço as coisas permaneceram exatamente como estavam ou até mesmo pioraram.


  • Aproveite a promoção e adquira 3 livros para solteiros, namorados e noivos pelo preço de 2. Clique aqui


Assim, se depois de ter colocado em prática todas as dicas que dei neste texto e ainda assim, nada der certo, é possível que este seja o mais profundo sinal de desinteresse de uma ou das duas partes.


Este relacionamento já morreu e permanecer nele ou permanecer tentando fazer algo por ele, só fará mal a vocês.


Se este for o caso, é melhor que vocês terminem o relacionamento e que cada um siga o seu caminho.



ASSISTA A UM DE NOSSOS VÍDEOS NO YOUTUBE






921 visualizações0 comentário

NAMORO COM PROPÓSITO

Ipatinga, Minas Gerais, Brasil

Atendimento: Seg. a Sex. de 13h as 18h

(33) 9 8881 1677

contato@ncpoficial.com.br

CNPJ 24.096.557/0001-36

© 2020 por Namoro Com Propósito | Nossa missão é ensinar princípios para solteiros, namorados e noivos