Buscar

Descobri que a pessoa com quem me relaciono acessa p@rn@, o que faço?

Atualizado: 29 de Dez de 2020




Se você descobriu seu namorado ou namorada acessando pornografia deve estar enfrentando uma situação muito chata. Porém, se te serve de consolo: “Ainda bem que você descobriu”.


– Ainda bem?


– Sim!



Se Deus te mostrou existe algum motivo e penso que basicamente existem dois motivos prováveis pelos quais Deus nos mostra o pecado de alguém:


1. Deus te mostrou para que você ajude a pessoa com o problema – Foi o que aconteceu com o rei Davi e o profeta Natã. Deus mostrou a Natã o pecado de Davi para que o rei fosse confrontado, arrepende-se e para que ele tivesse o coração verdadeiramente convertido.


2. Deus te mostrou para que você saia fora dessa relação – Podemos ver isso claramente nas escrituras, existem momentos em que Deus mostra ao seu povo o pecado de outras nações e o adverte a não ter relação alguma com esses povos. Como é o caso da igreja de Éfeso que foi advertida a se afastar de pessoas imorais e idolatras:


“Porque vocês podem estar certos disto: nenhum imoral nem impuro nem ganancioso, que é idólatra, tem herança no Reino de Cristo e de Deus. Ninguém os engane com palavras tolas, pois é por causa dessas coisas que a ira de Deus vem sobre os que vivem na desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros” [Efésios 5:5-7].



COMO SABER QUAL FOI O MOTIVO?



Faça uma reflexão sobre seu relacionamento e responda:


A pessoa com quem você se relaciona é alguém com quem você deseja viver o resto de sua vida? Ela possui características que você admira e seria capaz de conviver?


Ou vocês só estão juntos porque se acostumaram, nem rola tanto sentimento e até já estão em um processo difícil no relacionamento que agora pode piorar pelo fato de você ter descoberto o uso do pornô?



Se a resposta for à primeira, você deseja viver com essa pessoa pelo resto da vida, se o relacionamento está legal e não fere os princípios da palavra é possível que Deus tenha te mostrado o pecado dele ou dela para que você seja um instrumento de cura.


Porém, se o relacionamento já não vai bem e o pornô vai gerar ainda mais problema para vocês, é possível que Deus esteja dizendo algo do tipo: SAI FORA DESTE RELACIONAMENTO.


E ai, qual é o seu caso?


Identificado o motivo pelo qual Deus te mostrou essa situação agora você precisa obedecer ao sinal dado por Ele.


Ouvir a voz de Deus é um privilégio, obedecer é um dever.


“E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” [Tiago 1:22].


“Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha” [Mateus 7:24].



COMO AJUDÁ-LO?



Se você decidiu ajudar essa pessoa precisa ter em mente que o processo de libertação da pornografia não é da noite para o dia. Porém, é perfeitamente possível que alguém seja liberto.


Seguem 8 passos para te ajudar nesta jornada.


PRIMEIRO PASSO: Entenda que o pecado dele pode ser diferente do seu, mas você também é pecador [Rm 3:23], por isso, não vá conversar com ele com pedras nas mãos, até porque, quem carrega pedras nas mãos para julgar, não é capaz de amar.


E o amor é o principal instrumento de cura.



SEGUNDO PASSO: Jogue limpo, marque um dia para trocarem uma ideia, sentem juntos e fale: “Eu descobri você acessando pornô, vamos falar sobre isto?”.


Quando ele descobrir que você sabe é natural que ele fique muito constrangido, então se sua intenção é ajudar não fique olhando para ele como quem quer dizer: “tu é um pecador safado”.


TERCEIRO PASSO: Não queira ficar falando, falando e falando… deixe ele abrir o coração ou se ele não quiser falar naquela hora, peça que ele faça o compromisso de conversar no outro dia SEM FALTA.


Não aceite permanecer ao lado de alguém que não deseja mudanças, mas também não fique insistindo no primeiro momento para que a pessoa fale.


A situação já é constrangedora, então, não piore as coisas.


QUARTO PASSO: Caso a pessoa aceite conversar no dia ou no outro dia, ouça com atenção e quando ela terminar de falar ofereça ajuda.


Aqui está outra chave para saber o motivo pelo qual DEUS TE MOSTROU ESSA SITUAÇÃO.


Se a pessoa não quiser falar nunca sobre o assunto ou se falar e não quiser ajuda é provável que Deus tenha te mostrado para te dar um livramento, então, chuta que é laço.


Acredito que você não vai querer viver o resto da vida com alguém que fica vendo outras pessoas peladonas.


Não é?


Eu não gostaria!



QUINTO PASSO: Se a pessoa aceitou ajuda, firmem o compromisso da transparência, diga: “Sempre que você acessar qualquer material pornográfico ou se masturbar quero que você seja transparente e confesse”.


A confissão cura!


Confessar é se humilhar e admitir que precisamos de ajuda.


“Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos” [Tiago 5:16].


Mas é importante faze isto com ordem e decência e não usar a confissão como motivo para vocês pecarem.


Portanto, se vocês não tem condições de ouvir a confissão um do outro na questão sexual, elejam juntos um conselheiro que possa ouvir a confissão e orar por vocês.


SEXTO PASSO: Firmem também o compromisso da oração, leitura e meditação na Bíblia juntos.


Quanto mais perto alguém está de Deus e da Palavra de Deus mais distante estará do pecado.


“Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra” [Salmos 119:9].


SÉTIMO PASSO: Pergunte pelo menos uma vez por semana como está a situação!


Questione se a pessoa acessou pornografia durante a semana, quantas vezes acessou, se foi só acesso ou se ele(a) se masturbou também.


Isso pode ajudá-lo a se abrir!


E pode ser um incentivo para que ele ou ela pare de acessar este tipo de conteúdo. Afinal, é muito constrangedor ter que falar para a pessoa que amamos que caímos em pecado novamente.


OITAVO PASSO: Esteja preparada(o) para lidar com a situação.



Se a pessoa for transparente e sincera pode confessar mais vezes do que você imagina.


Caso isso aconteça, estenda amor, mas confronte dizendo com graça: “você não pode se aproveitar que eu estou te perdoando para continuar pecando, precisa lutar e vencer essa situação”.


Exija melhoras!


CONCLUSÃO:


Não existem segredos em relação à cura da pornografia.


É preciso desenvolver ações práticas como se alimenta espiritualmente, lê a bíblia, orar e confessar.


A pornografia só é a febre que é porque está oculta e as pessoas pensam que nunca serão descobertas!


Mas quando confessamos nossos pecados a Deus e uns aos outros, arrancamos da mão do inimigo o poder de nos dominar e oprimir por meio da pornografia ou por qualquer outro problema.


“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça” [1 João 1:9]


Espero que as dicas e conselhos presentes neste artigo, ajude você a pessoa com quem você se relaciona a superar o problema da pornografia no relacionamento!




ASSISTA A UM DE NOSSOS VÍDEOS NO YOUTUBE




1,346 visualizações0 comentário

NAMORO COM PROPÓSITO

Ipatinga, Minas Gerais, Brasil

Atendimento: Seg. a Sex. de 13h as 18h

(33) 9 8881 1677

contato@ncpoficial.com.br

CNPJ 24.096.557/0001-36

© 2020 por Namoro Com Propósito | Nossa missão é ensinar princípios para solteiros, namorados e noivos