Buscar

FAZER AMOR? Amor e sexo são as mesmas coisas?

Atualizado: 9 de Dez de 2020



Dois dos temas mais complexos na história da humanidade são amor e sexo.


Decifrar o amor não é uma tarefa fácil e muitos dos que tentaram, acabaram dizendo que não encontraram palavras capazes de descrevê-lo.


E o que dizer sobre a sexualidade?


A sexualidade é um dos aspectos mais importantes no ser humano e sem o sexo, nós não seriamos nós, entende?


A QUESTÃO DO SEXO FICA AINDA MAIS COMPLEXA DIANTE DA LIBERDADE SEXUAL DA ATUALIDADE:


Sexo é bom, mas vai me dizer que não rola uma confusão na mente em relação a ele?


A Bíblia diz que a vontade de Deus é que a gente viva em abstinência sexual até o casamento, mas a cultura e a sociedade incentiva a liberdade sexual.


Nosso espirito diz que é melhor esperar, mas a carne e os hormônios estão desesperados.


Nosso espirito diz que é melhor esperar, mas a carne e os hormônios estão desesperados.


E tudo isso, fica mais difícil quando percebemos que a maioria das pessoas estão praticando sexo e nós não.


É tenso, não é?



VOCÊ JÁ VIU COMO O AMOR SE TORNOU BANAL?


As pessoas falam que amam umas às outras na mesma proporção e com a mesma facilidade que falam bom dia.


E se formos olhar, tem gente que fala que ama com mais facilidade que fala bom dia para os outros.


A coisa está tão complicada que quando alguém diz que nos ama, quase que temos que perguntar: o que você quer dizer com isto?

É verdade!


Acontece que se você for como eu, certamente entende o amor como algo relacionado a uma perspectiva de futuro ao lado de alguém, como proteção, zelo, respeito, fidelidade e compromisso.


Mas para algumas pessoas – muitas pessoas – falar que amam é o mesmo que dizer: “eu te curto”.



Eu sei que não tem sido nada fácil compreender as questões em torno do amor e do sexo, mas neste artigo eu quero esclarecer uma dúvida comum entre as pessoas: Amor e sexo são as mesmas coisas?


Vejamos:

SEXO NÃO É PROVA DE AMOR:


A primeira coisa que precisa ficar clara é que SEXO NÃO É PROVA DE AMOR.


Muitos namorados – homens, tem o costume de pedir a suas namoradas que lhes provem que os amam.


E na grande esmagadora maioria das vezes (ui ) a prova de amor tem a ver com sexo.


No fundo o cara quer que a namorada faça sexo com ele, mas para não ser direto demais, ele pede uma prova de AMOR.


Penso que a gente não precisa provar nosso amor a ninguém.


Quem nos ama na mesma intensidade sabe quando é amado.


Quem te pede prova de amor não te ama por quem você é, mas quer mais de você e é possível que só ame o que você pode fazer.


Não prove seu amor a ninguém.


Apenas ame!


Quem te ama saberá reconhecer seu amor.


SEXO NO NAMORO NÃO TEM NADA A VER COM AMOR:


Lembro-me de estar atendendo um casal que vivia conflitos no casamento por causa de pecados cometidos no namoro.


Não sei se você sabia, mas o pecado é uma semente e todo pecado semeado no namoro, frutificará no casamento.


Desta maneira, as únicas formas de podar a lavoura do pecado é com o arrependimento sincero e mudança de atitude.


No caso deste casal que eu atendia, houve um momento que lhes desafiei a se arrependerem de seus atos pecaminosos do namoro e que pedissem perdão a Deus.


Grande foi a minha surpresa ao ouvir a mulher dizer que não conseguia se arrepender dos pecados sexuais porque não eram pecados, ela havia feito amor, ele era seu namorado e ela via aquilo de maneira muito pura.


Para desfazer o entendimento dela, mostrei que a Bíblia afirma que Deus é amor, que quem ama obedece a Deus e que a vontade de Deus é que vivamos em abstinência sexual até o casamento.


A seguir perguntei: como o que vocês fizeram no namoro pode ser amor, se Deus é amor e reprova o que vocês fizeram?


Naquele momento ela entendeu que não importava a maneira como ela enxergava aquele o ato sexual no namoro, para Deus isso era uma ofensa e desobediência.

SEXO NÃO É AMOR!


Além de toda a complexidade que existe entre os temas – amor e sexo, ainda é comum ver algumas pessoas relacionando as duas coisas.


A maneira como as pessoas se expressam em relação a suas concepções sexuais, faz parecer que sexo e amor são as mesmas coisas.


E isso torna a compreensão acerca do sexo uma questão ainda mais desafiadora.


Outro dia uma pessoa me disse que não faz sexo, mas faz amor.


Eu sei que ela pretendia dizer que na visão dela sexo é uma coisa que a gente faz de qualquer maneira e que amor tem um toque a mais de cuidado e zelo.


Porém, isso é um equívoco.


Independente se alguém faz sexo com zelo ou sem zelo, ela está fazendo sexo – o ser humano faz sexo.


Como disse a cantora secular Rita Lee (nem acredito que usei a Rita Lee em um artigo :D) : “Amor é isso e sexo é aquilo”.


O QUE É O AMOR?


Amor é um sentimento de carinho e demonstração de afeto que se desenvolve à medida em que as pessoas se relacionam e constroem a vida juntas.


Não existe amor à primeira vista… você pode se apaixonar por alguém só de vê-la, mas o amor é algo que se constrói com o tempo.


Há uma frase que diz: não é o amor que sustenta o relacionamento, é o modo de se relacionar que sustenta o amor.


Portanto, amor é um sentimento que nos leva a fazer o bem ao ser que amamos.

A Bíblia descreve o amor da seguinte maneira:


O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13.4-7


Neste texto bíblico temos uma descrição perfeita sobre o amor, mas não há nenhuma referência ao amor no aspecto sexual. O que nos mostra que as duas coisas são diferentes.

O QUE É SEXO?


Enquanto o amor é um sentimento, sexo é um ato.


Sexo é uma relação intima entre homem e mulher, uma maneira de dar e receber prazer e uma forma de satisfazer a pessoa com quem nos relacionamos.


O sexo entre casados gera uma ligação intima e fortalece a união.


Mas como vimos anteriormente, o sexo no namoro é um ato de desobediência a Deus.


É como uma semente que plantamos e por mais que um casal tente usar o sexo para fortalecer a união, o resultado é sempre contrário.


Acontece que, toda vez que o pecado entra num namoro, ele joga as bênção de Deus pela janela.


O casal que vive em pecado, enfrenta brigas intermináveis, se afasta um do outro e o namoro passa a caminhar para o fim ou gera um casamento defeituoso e problemático.


A tradição cristã entende o sexo como um presente dado por Deus a humanidade, mas um presente para ser desembalado apenas após a festa de casamento.

AMOR A GENTE TEM POR MUITAS PESSOAS, SEXO A GENTE FAZ COM UMA!


A bíblia ordena que a gente ame a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos.


Jesus disse que seriamos conhecidos como seus discípulos se nos amarmos verdadeiramente e João disse que quem não ama o seu irmão a quem vê, não ama a Deus a quem não vê.


Portanto, amor é algo que você sente e pode sentir por várias pessoas em níveis diferentes.

Você ama a Deus, seus pais, seus irmãos, seus amigos, seus irmãos em Cristo e ama seu parceiro ou parceira.


Cada uma dessas pessoas recebem um nível de amor da sua parte, mas não é porque você ama elas que fará sexo com todas.


O que isso quer dizer?


Quer dizer que o amor é algo que sentimos por muitas pessoas, mas sexo é algo que praticamos com uma pessoa especial que assumiu o compromisso de casar e viver conosco por todos os dias das nossas vidas.


QUAIS SÃO OS PROPÓSITOS DO SEXO:


Biblicamente existem alguns propósitos para o ato sexual e eles são:

  • Nos impulsionar em direção ao casamento: Paulo disse: “é melhor casar do que abrasarse”. (1 Coríntios 7:9). Isto quer dizer que um dos motivos para o desejo sexual e para o sexo é gerar em nós o desejo pelo compromisso do casamento.

  • Procriação: Deus os abençoou e lhes ordenou: “Sede férteis e multiplicai-vos! Povoai e sujeitai toda a terra; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todo animal que rasteja sobre a terra!” (Gênesis 1:28)

  • Prazer: Em Cantares de Salomão lemos que Sulamita fala a respeito de seu amado: que os seus lábios me cubram de beijos! O seu amor é melhor que o vinho (1.2). Leve-me com você! Vamos depressa! Seja o meu rei e leve-me para o seu quarto (1.4). O meu amado têm cheiro de mirra quando descansa sobre os meus seios (1.13). A grama verde será a nossa cama; os cedros serão as vigas da nossa casa, e os pinheiros serão o telhado (1.16-17). Eu me sinto feliz nos seus braços e os seus carinhos são doces para mim. Ele me levou ao salão de festas e ali nós nos entregamos ao amor (2.1-4).

  • Intimidade e ligação: Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua esposa, e os dois se tornarão uma só carne’. Dessa forma, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, não o separe o ser humano! (Marcos 10.7-9). Quando o homem e a mulher se unem na consumação do casamento, eles se tornam uma só carne.

  • Glorificar a Deus: Você certamente conhece o texto de (1 Coríntios 10.31) que diz que devemos fazer tudo para a glória de Deus. Como sabemos, tudo é tudo. E isso quer dizer que devemos inclusive viver uma vida sexual para a glória de Deus. Neste contexto, um casal que se guarda ou se abstém do sexo até o casamento, glorifica a Deus com sua vida sexual e outra maneira de como o sexo glorifica a Deus é que quando duas pessoas tem filhos, elas compartilham a imagem de Deus que possuem para seus filhos.


CONCLUSÃO:


Tudo bem você querer apelidar o ato sexual de amor.


Não há problema algum em você chamar o ato sexual que pretende ter com seu futuro marido ou futura esposa de amor.


Afinal, o sexo quando praticado dentro dos limites estabelecidos por Deus é uma expressão do sentimento chamado amor.


Mas você não pode confundir as duas coisas, pois sexo é sexo e a amor é amor.


Quando confundimos sexo com amor corremos o risco de praticar o pecado no namoro e acreditar que aquele ato é amor, mas como vimos, não é!


Deus é amor e todo amor para ser verdadeiro tem que estar de acordo com a vontade de Deus.


Assim, a relação sexual pode ser um ato de amor entre um casal, mas sexo é sexo e amor é amor.


Tá entendendo?


ASSISTA UM DE NOSSOS VÍDEOS NO YOUTUBE





200 visualizações0 comentário

NAMORO COM PROPÓSITO

Ipatinga, Minas Gerais, Brasil

Atendimento: Seg. a Sex. de 13h as 18h

(33) 9 8881 1677

contato@ncpoficial.com.br

CNPJ 24.096.557/0001-36

© 2020 por Namoro Com Propósito | Nossa missão é ensinar princípios para solteiros, namorados e noivos